sexta-feira, 29 de agosto de 2008
"... ANESTESEADA ... "
Estou há quase dois dias sem comer.
Em outros tempos ver meu estômago colado nas costas seria motivo de euforia. Mas neste momento não, pois minha anedonia veio as duras penas.
Tentei dormir e também não consegui. Passei boa parte da noite digitando meu TCC, fumando e tomando vinho (tinto e seco).
Estou no trabalho ainda zonza e com uma pilha de coisas nas quais não consigo me concentrar.
Fico pensando na vontade que estou de fugir daqui.
Fico pensando nas coisas que me prende.
Fico pensando que devo ter emagrecido pois minhas calças estão caindo.
Fico pensando que me anestesear com uma taça de vinho agora nào seria má idéia.
Final de semana vem chegando e junto com ele a promessa de que eu vou sair fora da casa até perder a chave e não ter mais como voltar.

Que assim seja então!

PS: "Anônimo", mandei um e-mail pra você.

Bom final de semana, meninas!
quinta-feira, 28 de agosto de 2008
"... RIR PRA NÃO CHORAR ... "
Eu tenho uma vizinha que me irrita profundamente:
8h da manhã e lá está ela com um sorrisão:
- Bom dia Anna Dark!
(...)
Na real sou avessa às pessoas com excesso de entusiasmo, meu sarcasmo não deixa.
"Amo a vida, sou superalegre, tudo é lindo..." Ah... Dá um tempo!
Ando meio sem paciência pra pessoas boazinhas, meiguinhas e educadinhas. Maldito TA que me deixa com um mal-humor desgraçado.
Pra ser sincera, tá tudo uma bosta mas eu vou levando. Se eu fosse "maria vai com as outras" estaria com certeza infeliz. Mas como sou cabeçuda, adoro uma parede e um fundinho de poço, vou seguindo o baile.
Até porque, no final eu me levanto sempre, pois no chão já não tenho mais paciência pra ficar.
Já que é pra me foder, me fodo com classe. Chuto o balde, grito, choro, corro, mas ainda preciso seguir a filosofia do rir pra não chorar, pois se não fosse cômico seria trágico.

PS: Na real o balde tá aqui. Cheio. Esperando eu mandar tudo pro caralho e chutá-lo de vez. E logo agora que eu to com uma vontade danada de saber se vale a pena eu me molhar ou não.

Em tempo, Andie, FELIZ ANIVERSÁRIO!! Tudo de melhor pra ti, samurai do sene!

Beijo grande a todas!
segunda-feira, 25 de agosto de 2008
"... E ASSIM COMEÇA UMA COMPULSÃO ... "
No final de semana eu conversava sobre essa sensação. É. Essa que faz a gente querer buscar algo para preencher o vazio daquele famoso sentimento de "está faltando alguma coisa".
Mas o quê? Eis a questão!
Não sei se estou falando de material, sentimental, enfim. É algo. Talvez palpável, talvez não. Talvez de dentro, talvez externo. E também pode ser TPM.
Eu disse: "Caray de sensação aí né?". E me respoderam: "Nãoooo!!".
E pensando bem não é mesmo. Porque se estivesse satisfeita e acomodada com tudo, certamente a (minha) vida estaria sem graça. O que me faz continuar, pensar e ter idéias é justamente esta sensação aí.
Precisava mesmo eu tentar preencher esse vazio com Ouro Branco? E com sorvete de flocos com cobertura de chocolate? Talvez com um pedaço de bolo? Ah! Com metade de um pacote de Ruffles pode ser que sim né? Ou com mais isso, e aquilo, e...
NÃO! Mas que porra!
Conclusão: Continuo com essa sensação, estou com olheiras por mal dormir, com a cabeça pesada de culpa, vestida toda de preto e com uma bota mais alta que o normal para parecer mais magra, mas com a barriga leve dos vários 46.

Frase do findi: Errar é humano, mas errar consciênte é muita estupidez! Nunca precisei tanto de terapia.

Beijos e boa semana!
quinta-feira, 21 de agosto de 2008
"... FELICIDADE SIMPLES ... "

Dizem que é preciso arrepiar-se! Que é preciso surpreender-se com a beleza de alguns raros momentos e conhecer a importância da normalidade de outros.
Pois bem, hoje percebo o que é (um estado de) felicidade. Ela chegou até mim disfarçada, um pouco disforme. Mas eu sei que ela está aqui.
Eu sei reconhecer a felicidade num e-mail, em comentários fofos, numa ligação a noite, num trabalho elogiado, numa semana sem compulsões e sem vomitar (weeeee!!), num blog conjunto, em 3kg a menos na balança, ao encontrar dinheiro no bolso de uma calça jeans que fazia tempos que não usava, pois não me servia.
Prometo que não vou desejar isso pra sempre, mas confesso que desejo isso pelo menos pra hoje (pra mim e pra vocês!).

Nota: Só não gosto de saber que o meu humor é diretamente proporcional a minha alimentação e a minha balança. Mas aiiii, vou pensar nisso agora não... :oP

Beijos e bom resto de semana!

terça-feira, 19 de agosto de 2008
"... RENASCENDO ..."
" Levantou da cama, olhou pela janela e viu que um novo dia havia nascido. Fitou-se no espelho, sentiu um friozinho na barriga. O que enxergou, não foi a cara inchada e a maquiagem borrada, mas um sorriso espontâneo de quem está renascendo. Renascer dói, requer sacrifícios, escolhas, buscas desesperadas pelas gavetas e armários internos. Dá um trabalho do caralho essa coisa de renascer, de se reinventar. Não é fácil e dá medo. Mas quando o processo se completa, que puta sensação de dever cumprido!"
Clarissa.

- E porque você está aqui? Por sua livre e expontânea vontade ou por pressões de terceiros?
(...)
- Pergunto isso, pois quero saber até onde vai a sua força de vontade em tratar seu TA. Você sabe que esse é um processo difícil. Você terá que superar seus limites. Vai desistir do tratamento se começar a doer, como fez antes?
(...)
Escutei tudo isso usando uma calça de número menor, sentindo minha barriga doer de cólica e roncar de fome. Mas nem essa minha anestesia do pseudo auto-controle me livrou de entender bem o recado das boas-vindas.
Saí da terapia e fui almoçar...!
Mais vale o peso da responsabilidade em dar um passo em direção a cura, do que a leveza por não absorver e ignorar uma boa dica.

Em tempo e devagarinho, SENETEATIME está de volta, agora com blog (http://seneteatime.blogspot.com/)
Por motivos maiores, o blog do SENETEA vai ser restrito. Então, quem quiser acesso, favor deixe os e-mails aqui, foi?

Beijo a todas e muito obrigado pelos comentários!
sexta-feira, 15 de agosto de 2008
"... APARECER E DESAPARECER ..."
Ontem peguei o meu maior óculos escuros, uma cuia, uma garrafa térmica e fui pra Redenção para esperar meu horário de almoço passar.
No meio de um cigarro e outro eu observava as pessoas correndo, passeando com o cachorro, conversando. Fazia isso, sentada ao pé de uma árvore sozinha, fato que chamou atenção de quase todos que passavam por mim.
Confesso que comecei a me sentir desconfortável por chamar tanto atenção. Se existe uma coisa que odeio é aparecer, e engraçado como isso é uma constante na minha vida.
Meus hábitos, minhas atitudes, minhas escolhas sempre me colocam na vitrine sem eu perceber. Minhas amigas costuma dizer que é impossível eu estar em algum lugar e não ser notada. Talvez por isso exista a vontade de ser tão magra a ponto de sumir. E mesmo assim, quando isso ocorreu, eu aparecia por desaparecer, por mais contraditório que isso seja.
Talvez eu tenha de me acostumar com esta exposição involuntária (?). Ou talvez eu tenha que comprar um óculos escuros maior pra me ajudar a lidar com isso.

Muito obrigada pelo apoio do post anterior, palavras amigas assim fazem valer eu superar a minha dificuldade de me expor a alguém.
Vou responder comentários, e-mails, puxões de orelha, desaforos, romances e afins neste findi, fechado?

Em tempo. Weeeeeee!!! A Lidiane (desirelonely.blogspot.com) tá de voltaaaaaaa!!! (AMO SOBRANCELHA!!)

Beijos e bom final de semana a todas!!

segunda-feira, 11 de agosto de 2008
"... O QUE EU QUERO COLOCAR PRA FORA ... "
"...Guardamos muitas coisas que precisam ser ditas. Se não o fazemos em palavras, o corpo tem sua maneira de fazê-lo em ações. O ato de vomitar simboliza colocar para fora as angústias que não mais deveriam estar conosco..."

Sempre fui muito enfática, impulsiva e de personalidade forte. Nunca fui de fazer nada para agradar aos outros e nunca tive dificuldade em dizer "não".
No entanto, mudei muito minha postura ao longo do TA. Ando extremamente introspecta e de poucas palavras, desenvolvi um pânico absurdo de me expor. Acabei adotando uma postura passiva sem querer. Adquiri a capacidade de me ausentar estando presente. Escuto mas não ouço. Penso mas não digo. Se puder, evito o confronto.
Pois bem, tanto controle de impulsividade em minhas relações está levando ao descontrole com a comida.
De uns tempos pra cá tenho tido episódios bulimicos frequentes, o que sinceramente me preocupa, pois não gosto de vomitar.
Questionei-me sobre isso e concluí que quando me sinto pressionada por alguma coisa, quero vomitar. as vezes mesmo sem ter nada no estômago. O ato de vomitar é como se pudesse colocar todos os sentimentos contidos pra fora de uma só vez, até a dor física superar a emocional.
Se pra mim é mais fácil ficar de joelhos frente a uma privada do que simplesmente discutir e brigar por aquilo que quero? Claro que não. Mas se vocês virem aquela Anna Dark perseverante para lutar por sí mesma, avisem-na que estou a sua procura.

Beijos e boa semana!
quarta-feira, 6 de agosto de 2008
"... PRECISO DESISTIR SE NÃO SOU PERFEITA? ..."
Não sei se comentei aqui, mas quando era pequena eu fazia Ballet. Fiz por uns 3 anos consecutivos e cheguei até a usar sapatilha de pontas.
Eu sei que depois de um mau ensaio decidi largar tudo e lembro de ter sido intensamente criticada por isso. "Você nunca termina o que começa!", era uma das frases que eu mais escutava.
Achava injusto, mas fui perceber a verdade dessa frase há poucos dias. Ok eu me rendo: Eu nunca termino o que eu começo.
Eu chego num ponto em que não consigo ir além porque sinto que não sou perfeita naquilo que faço. E já que nào gosto de falhar, prefiro desistir por medo da minha desaprovação.
Porque tenho de ser perfeita em tudo? Porque não posso simplesmente aprender e fazer uma coisa sem maiores paranóias? Não sei.
Mas uma coisa me ocorreu enquanto eu escrevia esse post: Será que involuntariamente não desisti do tratamento pois sabia que uma hora poderia falhar? Sei que são normais as recaídas quando decidimos sair do TA, mas será que minha obsessão com tudo perfeito não me fez desistir por não admitir erros?
Interessante...
segunda-feira, 4 de agosto de 2008
"... AGORA CHEGA! ... "
- Moça, tu tá bem?
- Tô sim, obrigada. É que eu estou grávida e ando enjoando.
- Ah tá. Eu imaginei.
Sim, é claro!
A resposta "Não estou bem, tenho bulimia", nunca iria passar pela cabeça da senhora que me escutou vomitar no banheiro do restaurante.
Cara, eu tinha acordado super bem hoje!
Tinha acordado com vontade danada de usar meu livre arbítrio pra fazer boas escolhas. Não escolhas definitivas, escolhas a curto prazo, vamos dizer assim.
Mas não. Uma manhã conturbada de trabalho e mais uma pitada de problemas pessoais foram o suficiente para eu chutar o balde em frente a um prato de comida.
"É sempre assim!". Eu posso dizer conformada. Mas não, porra! Caralho, eu preciso ser mais que isso.
Comer, não comer e vomitar não são defeitos de fabricação. São regras de uma vida que me auto-impus como se fosse um contrato inquestionável. Precisa mesmo ser assim, tão definitivo?
Não! Eu crio a minha realidade, por mais difícil que seja aceitar isso, já que é bem mais simples culpar os outros pelo que eu faço.

"... Não quero mais ter de lutar contra mudanças que estão prestes a acontecer, não quero permanecer mais tempo num lugar de onde já poderia ter saído. Não quero mais ter medo de tentar, de cair, de doer. Se a dor de deixar o conforto-desconfortável é algo que tenho de bancar, então que seja, acho que consigo fazer isso!..."

Desculpem o desabafo, boa semana pra gente.
Beijos!
About Me
Pegue o seu no Templates by Maximus
Nome: Anna Dark
Idade: 23
Altura: 1,62
Já Pesei: 69kg
Peso Atual: ?
Meta: 47kg

PERFIL

Previous Post
Archives
Links
Documentário
Diário de uma Anoréxica
Thin
Distorção da Própia Imagem
Reportagem Anorexia
SITES PRO-ANA
CALCULE SEU IMC

    Calculadora IMC
    Peso: kgs
    Altura: m cm
    Dieta e Saude
    IMC Classificação
    - de 20 Abaixo do Peso
    20 a 25 Peso Ideal
    25 a 30 Sobrepeso
    30 a 35 Obesidade Moderada
    35 a 40 Obesidade Severa
    40 a 50 Obesidade Mórbida + de 50 Super Obesidade
CALCULE SEU PESO IDEAL

    Calculadora Peso Ideal
    Sexo: masc
    fem
    Altura: m cm
    Dieta e Saude
VISITAS
    visitas
    Free counter and web stats