domingo, 29 de julho de 2007
"... TUDO AO MESMO TEMPO AGORA..."
E aí, meninas, tudo bem com vocês?
Bom, em primeiro lugar eu quero agradecer a força e o carinho que vocês me deram. Valeu mesmo. Podem ter a certeza de que cada palavra dita, definitivamente, me fez um bem danado e fez meu dia ser um pouco mais leve.
Quero também pedir desculpas por não ter atualizado antes. Os meus dias tem sido correria total. Estou em falta sim. Mas também com muita saudade de todas e desta maravilha que é isto aqui.
De quarta-feira pra cá muito aconteceu, e se eu for escrever tudo, vou acabar mais cansando do que explicando. Na verdade passei aqui só para dizer que na medida do possível as coisas estão melhores.
Em suma e racionalmente falando, infelizmente vou ter de vender a minha empresa.
Depois de muito pensar, pedir conselhos, analisar prós e contras, não há melhor decisão do que esta.
É difícil, claro. Mas também, por hora, é o certo a fazer. E eu estou tentando encarar da melhor forma possível.
(pausa)
Nossa que puta mentira eu falei agora!
Encarar da melhor forma possível? Fala sério! Eu tô mal pra caramba!! A quem eu quero enganar? À vocês? À mim? Que ridículo.
Na frente de todo mundo me faço de forte, digo que as coisas devem ser assim para o bem estar de todos e a felicidade geral da nação. Mas na verdade o que eu queria mesmo era dar um soco na parede, e dizer a todos que, foda-se: Vocês querem ir? Beleza: Eu fico.
Eu queria muito não abandonar o meu sonho. Queria demais continuar meu trabalho, fazer minha empresa crescer. Eu sei que poderia tentar. Se daria certo eu não sei, mas aí já seria outra história...
O problema é que eu vivo no mundo real e, ao contrário da minha cabeça, meus pés estão bem cravadinhos no chão. Se eu quiser mesmo tentar, não existe espaço para falhas. Falhar significa dinheiro, e com dinheiro a gente não brinca. Até porque, agente não nada nele.
E além do dinheiro: Olhem pra mim. Meu, eu sou um projeto de gente!
Apesar de não querer admitir, eu sou uma pirralha querendo ser gente grande. Eu não tenho nem idade e nem a metade da experiência de vida que eu precisaria ter para assumir tudo sozinha. Seria burrice dar o passo maior que a propria perna, quiçá maior que o próprio corpo. Malditos 22 anos, maldita inexperiência!
Sendo assim, ok. Vende-se a empresa e segue-se o baile. Assim como não há espaços para falhas, não há espaço e nem tempo para sofrimento. Sentimentalismo e apego não paga conta.
Eu estou assim. Evitando sentir o peso da minha decisão, bloqueando minhas angústias para não pirar. Minha cabeça sabe que este é o certo. Tudo o que eu preciso é ligar no piloto automático, de um maço de cigarros e de uma caixa de trident.
E eis que no meio dessa confusão toda eu ainda tenho que ouvir:
“Minha filha tu estás mais magra!!”.
“Amor, você precisa se alimentar, há quanto tempo não comes decentemente?”.
“Anna Dark eu ando muito preocupada com a sua saúde...”.
Ah!!! Por favor!! Comer? Tenho coisas mais importantes para me preocupar.

Um beijo grande a todas, e mais uma vez obrigado por tudo.

Tenham uma excelente semana.

quarta-feira, 25 de julho de 2007
"... ACHO QUE ACABOU ..."
A reunião durou horas.
A pauta proposta por ela: PRECISO SAIR DA NOSSA EMPRESA.
Engoli seco, segurei o choro.
A fome e o estômago vazio, deram lugar às dúvidas, as lágrimas, a insônia, aos cigarros.
Passei a noite pensando que todo o meu trabalho e o meu esforço de anos, estão indo pelo ralo.
Estou anestesiada pelo medo do que está por vir.
Não sei se sou capaz sozinha... E mesmo se fosse, não sei se quero. Pra mim tudo perde o propósito de um sonho que sonhamos juntas.
Odeio mudanças. Me adapto, mas não procuro por elas. E talvez vocês presenciem a maior mudança da minha vida...
Mudança de emprego, mudança de cotidiano, mudança de foco, mudança de objetivo.
Se vai ser bom? Não sei... Para minha saúde temo que não.
Não consigo dormir, arranjei mais uma desculpa (desta vez bem mais séria) para não comer, não paro de chorar e não paro de fumar.
Preciso escolher...pensar... Tomar uma decisão, agir... Na real eu preciso é de colo...


domingo, 22 de julho de 2007
"... GRAÇAS A DEUS, SEGUNDA FEIRA ..."
Caraca meninas! Eu nunca pensei que um dia fosse desejar tanto que Segunda-Feira chegasse!
Nossa! Eu devo ter jogado pedra ou colado chiclé na cruz, feito stip-tease ao som de "ADOCICA" na Santa Ceia e sei lá mais o que, para merecer este final de semana de cão que eu tive.
A começar por sexta feira, dia do amigo, onde, ao invés de comemorar, eu acabei discutindo e levando uma ruim da melhor amiga, a thinspo.
Gurias, ela me xingou tanto, mas tanto. Disse tanta coisa a respeito do meu peso, atitudes e escolhas. Bateu tanto o pé jurando que estou seguindo os passos dela, que me senti, com o perdão da palavra, o cocô do cavalo do bandido com caimbra.
Fiquei mal, chorei um monte (Pobre Indh, me aturou, valeu amiga!) e só não afoguei minhas mágoas em uma barra de chocolate, por que preferi continuar tomando algo mais forte para me anestesear...
No sábado me acordei com esperança de que as coisas iriam ficar melhores, já que ficar piores não poderiam.
Vesti uma roupa bacana, fiz escova no cabelo, caprichei na maquiagem e fui ao aniversário de um amigo do Mozi.
Chegei lá, feliz da vida, e dei de cara com quem? Com o EX NAMORADO!!
O_O (lembrei de tu, Ana Blues!)
Detalhe: O Mozi o conhece e tem ódio mortal, brutal, descomunal e visceral do pobre.
Detalhe maior ainda: O EX estava um ABSURDO DE LINDO!!! Afe!!!
Que o mozi não me escute, (e agora ele nem vai escutar porque o blog está restrito, hehe) mas PELAMORDEDEUS! Na minha época aquela criatura não era tão PEDAÇODEMALCAMINHO como estava naquele dia. UIA!
Enfim, eu sei que Pronto! Foi a deixa pro marido ficar esquizofrênico de ciúmes e dar todos os tipos de PITIS possíveis e imagináveis. Outro detalhe. Anna Dark, claro, bebeu todas e vocês bem sabem que cerveja é diurética. A copa e o banheiro foram os lugares onde eu mais frequentei na festa. Então cada vez que eu ía, era um suspiro e um tipo de "cara de bunda".
Não rolou nada de mais, além de um cumprimento fervoroso por parte dele, aquele perfume explêndido "superconhecidoeapreciado" que ficou no ar, alguns olhares maldosos na hora em que eu estava me acabando de dançar na pista e uma tentativa frustrada dele me passar um papelzinho, que eu nem quero saber o que tinha escrito nele e que, graças ao meu anjinho da guarda, caiu no chão.
Ok! Me rendo, fiquei curiosa sim, mas eu não quero "Sarnaparamecoçar", e quanto menos eu me estressar melhor. Sigamos assim. Até porque fora isso, nada a ver... (risos!)
Por ter passado na "Dieta Liquida" durante quase toda a semana, ontem eu estava com mais fome do que o normal. E para piorar o quadro fomos almoçar fora com os meus pais em um restaurante MARAVILHOSO!
Saladas de todos os tipo, pratos quentes de todos os tipos, carnes de todos os tipos, sobremesas de chocolate de todos os tipos e ELE!! O meu vilão!!!
Sim, ele estava lá. Bem quentinho, bem pretinho, bem saborosinho, me olhando com cara de " VEM GATINHA, EU SEI QUE TU ME QUER!
Tentei me safar de uma lado e de outro, enchi meu prato de salada, remanchei, fiz doce. Mas não teve jeito. Me rendi a ele num misto de amor de ódio. Usei e abusei do dito cujo com gosto para a surpresa de quem assistia a cena.
Essa minha relação doentia com o feijão ainda vai me levar a fazer terapia. Preciso me livrar desta sina, não posso ser assim tão fácil. Feijão gosta de mulher difícil. Ele gosta de seduzir, então preciso o maltratar mais...(risos!)
Bom, nem preciso dizer a vocês onde vou passar boa parte da noite e também que estou de NF desde então.
Ok. Por conta dos deslizes a meta já não está mais bem obrigada, mas pelo menos o pior já passou. Sigamos o baile, fechaimos a boca e corremos para recuperar o tempo e o AUTOCONTROLE perdidos.


RESPONDENDO A MALDIÇÃO DO SENE PARTE 2453647892 JOGADO PELA ALLY!


10 COISAS QUE EU ODEIO EM MINHA VIDA

1) Minha relação doentia com a comida, imagem e auto controle
2) Ser tão exiegente comigo a ponto de isso se transformar em uma obssessão
3) Ser 8 ou 80.
4) Ser imediatista e não ter paciência para esperar. (as vezes acabo me desmotivando quando os resultados não aparecem rápido)
5) O fato da minha empresa não ter a proporção que eu gostaria que ela tivesse, já que trabalho e invisto que nem uma animal pra isso.
6) Estar tão perto mas tão longe das amigas que fiz aqui, mas por pouco tempo.
7) Não ter mais dinheiro para conquistar algumas coisas materiais com o meu marido. (estamos trabalhando, estudando e poupando para isso).
8) Perder o controle sobre mim mesma e sobre as situações.
9) Gostar tanto de feijão, chocolate e cerveja (baita mistura!). Haja força de vontade para não cair em tentação.
10)Ter a plena consciência e discernimento do meu problema alimentar, mas não ter força e nem vontade de me livrar dele.

10 COISAS QUE EU VOU GUARDAR PRA SEMPRE

1) Minha familia.
2) Meu marido.
3) Meus amigos.
4) A lembrança que a minha familia passou do amor que o meu pai biológico tinha por mim.
5) Vocês.
6) Todas as coisas que já escrevi, que não foram poucas.
7) A imagem do sorriso da minha avó, infelizmente falecida.
8) Os amores que eu vivi e vivo ainda, mesmo que de maneira diferente.
9) Os dias felizes e tristes que passei e fizeram de mim o que eu sou hoje.
10) A sensação de liberdade que senti no dia em que saí de casa para morar sozinha.

Pessoas que devem responder esse questionário, a não ser que queiram passar a noite no trono por causa do SENE TEA HELL.
1) Gabi
2) Amy Barbie - Lembre-se do juramento, hein amiga? :o)
3) Ana Cecília - Amei o sábado!
4) Miss Bones
5) Pink Rose

Bom, acho que então é isso, minhas VIP'S do coração.
Obrigado pelo carinho e obrigado por seguir aqui comigo.
Tenham um excelente semana.
Um grande beijo e até mais!
sexta-feira, 20 de julho de 2007
" ... FELIZ DIA DO AMIGO ... "
Converso com muita gente no meu dia-a dia.
Posso dizer que tenho muitos parceiros de festa, bons amigos de mesas de bar, inúmeros colegas de faculdade que me rendem preciosos minutos de intervalo, pessoas que me divertem por algumas horas.
Mas posso contar nos dedos de uma mão quem considero amigo e quem me conhece por inteiro.
Sou uma pessoa reservada, não gosto de me expor. Gosto de ter o controle e a (sensibilidade) de saber até onde posso ir com uma determinada pessoa.
Então. Eu dizia que podia contar nos dedos de uma mão as pessoas que verdadeiramente me conheciam, não é mesmo?
Pois temo em dizer que não posso mais.
Vocês me conhecem muito! E tenho certeza de que vocês não cabem nos dedos de uma só mão.
Sempre que acontece algo importante comigo, corro pra cá e escrevo. E nossa! Vocês não têm noção do quanto fazem a diferença na minha vida!
Alguns podem pensar que o mundo virtual pode ser falso. Até pode, mas não acredito que isso aconteça com a gente.
Dá pra sentir que somos verdadeiras, até por que (pelo menos aqui!) não temos porque mentir.
As amizades que fizemos aqui são muito reais!
Vocês até podem questionar, se tudo não é uma amizade na qual conhecemos da outra pessoa apenas o que ela quer nos mostrar... Tudo bem, pode ser.
Mas, realmente, o quanto nós sabemos dos nossos amigos que conhecemos "ao vivo"?
Quantas vezes não aconteceu de nos surpreendermos com os nossos melhores e mais íntimos amigos? Quantas vezes descobrimos que aquela nossa amiga de faculdade não era nada daquilo que pensávamos que ela era? Pois é.
Aqui sou compreendida, me motivo mais com as palavras de vocês do que com as palavras de pessoas que estão ao meu lado o tempo todo e parecem estar falando grego comigo.
Identifico-me mais com vocês do que com minhas amigas de longa data.
E o que é mais importante: Posso ser eu mesma.
Porque aqui somos virtuais e reais ao mesmo tempo. O que temos é tão intenso e verdadeiro, que transcende o virtual. Passa ser real mesmo!

(post antigo adaptado)

Meninas, vocês são demais! Sem palavras pra descrever o quanto!

E já que não posso abraçar cada uma de vocês, sintam como se isso realmente fosse possível acontecer. Porque esse meu desejo é muito grande!

Para as meninas que já me passaram o mail e as que eu já tenho o contato, neste final de semana estarei passando certinho a autorização.

Aninha - Indh - Paulinha - Ally - Hell-Ena!!

Agora já era! Ontem tive uma conversa séria com o marido e contei pra ele de vocês.
Vocês não são mais tão virtuais assim.
O bagulho tá sério!!
Quero ver aquele REAL SENE TEA TIME nas férias, seja onde tiver que ser.
Já estou juntando dinheiro no "Porquinho" pra isso.
AMO MUITO VOCES PORRA!!! (huauaauauauauauauau!!!!)


Um excelente final de semana a todas!


Beijão!
quinta-feira, 19 de julho de 2007
"... O PORQUÊ ... "
Então, meninas.
Tanto nos meus comentários quanto nos e-mails que recebi, há sempre uma pergunta comum:
Porque bloquear o blog?
Vou esclarecer agora o que está acontecendo, até porque acho que foi uma incognita dizer que foi por motivo de “Forças Maiores”.
Desde que iniciei o blog, já passei por diversas fases: A fase em que ninguém entrava, a fase em que comecei a conhecer as meninas, a fase de poucos e sinceros comentários.
No entanto nenhuma fase se igualou àquela do “BUM” da procura dos sites “pró-ana”, logo que a modelo Ana Carolina Reston faleceu.
Nesta época o assunto “DISTÚRBIO ALIMENTAR” virou notícia, virou moda. Virou sensacionalismo hipócrita da mídia que ganhou muito dinheiro com isso. Despertou uma imensa curiosidade sobre os blogs do gênero, que foram expostos em jornais e nas bancas de revistas.
Desde então, e quem tem blog desde essa época pode confirmar, nunca tivemos mais sossego. Uma coisa que tinha por objetivo um simples desabafo, virou motivo de discussões, monografias, conversas de vizinhas, fogueira em praça pública.
As pessoas não entravam somente para compartilhar angústias e idéias. E sim entravam para apedrejar, ridicularizar e ofender nossas escolhas e comportamentos.
Neste momento, moderei os meus comentários.
Até comentei que, mesmo defendendo a liberdade de expressão, não achava legal tais atitudes que, no fim, não serviam pra nada.
Eis que hoje me deparo com a enorme proporção que os blogs de todas nós estão tomando.
Há quem lê para compartilhar angústias, há quem lê para alertar, entender ou para “pegar dicas”. Há quem lê para ridicularizar e ofender. E há quem lê para pesquisar ou fazer matérias do gênero.
Está errado.
Este espaço aqui, é meu.
E não só meu, é nosso.
Este blog é de quem entra aqui e divide comigo momentos pessoais e íntimos. Divide medos, dúvidas, reflexões, tristezas. E alegrias, porque não?
Sinceramente eu não acho justo tornar pública a minha intimidade, para pessoas que não se importam e querem, somente, me julgar sem me conhecer.
Por isso, estou levando comigo, as pessoas que sim, se importam. Que sim, se identificam, e que de um jeito ou de outro fazem parte não somente desta minha vida virtual, mas da real, que é a que exponho diariamente aqui.
No início, confesso, fui resistente a idéia de bloquear. Mas hoje digo:
Não me arrependo!
Em primeiro lugar, porque acabei conhecendo uma quantidade de meninas que vinham aqui sem se identificar. Que se incentivavam, se divertiam, se emocionavam junto comigo, sem eu saber.
Em segundo, porque sei que vou estar livre de pessoas a quem sou considerada piada ou motivo de deboche. Cansei, não sou boba da corte. A Anna Dark aqui, mesmo escondida sob um nick, existe, é uma pessoa real, que poucas conhecem mesmo, e que vai se sentir muito mais a vontade em um espaço, infelizmente bloqueado.
E em terceiro lugar, o mais importante, é porque hoje eu sei quem é quem. Sei quem está comigo e com quem eu posso expor meus podres, conquistas e momentos de desespero.
Vocês sim, eu quero levar!!
De vocês espero visitas (mesmo anônimas), comentários, puxões de orelhas, brincadeiras e risadas.
O resto, não importa. O resto eu deixo para trás e economizo tempo. O resto eu modero, bloqueio e deixo livre de “bla-bla-blás...”
Um beijo grande a todas, desculpe as palavras duras, e obrigada sempre pela força e consideração!
terça-feira, 17 de julho de 2007
" ... SECRET ... "
Oi, Princesas!

Seguinte:

Por forças maiores, e seguindo o exemplo de algumas meninas, a partir de segunda feira que vem (23/07) o meu blog também vai estar “bloqueado”.
Por isso, estou deixando o meu e-mail para que TODAS (Ouviram? Todas!!!) que ainda quiserem ler, me passem um mail para que eu mande uma autorização. Coisa pouca, um mail somente com o NICK, E-MAIL e BLOG para eu poder identificar e encaminhar para vocês:

annadak@hotmail.com

Essa semana eu vou passar no blog de todas para avisar, é claro. Mas não custa deixar postado aqui, para no caso de alguém que não tenha blog, e costuma freqüentar este espaço, continuar lendo.

Mudando de assunto, para esclarecer:
Meninas, não é porque eu não costumo colocar o meu cardápio diário aqui que eu não como ok?
Quando não estou de NF (que consigo ficar máximo, dos máximos, umas 40 e poucas horas) eu como sim.
Às vezes eu como pelas circunstâncias, as vezes por consciência ou simplesmente por fome mesmo.
Evito, sim, exagerar. Porque tenho uma leve tendência ao descontrole. Tento administrar isso, e algum sentimento de culpa posterior. Vamos levando assim, por enquanto.

Então é isso, gatinhas, obrigada pela compreensão de vocês.

Espero e-mails e nicks!

Um beijo bem grande, bom resto de semana, e se cuidem.
segunda-feira, 16 de julho de 2007
" .. 5 COISAS QUE NINGUÉM SABE SOBRE ANNA DARK... "
E aí, gatinhas. Tudo certo?
Como foram de findi? Coca Light ou Pé na Jaca?
Bom, o meu esteve no meio termo. Nem tão light quanto eu gostaria que fosse, mas por várias vezes eu consegui evitar o caos urbano.
Nossa, meninas, emagrecer foi difícil. Mas manter o peso está sendo duplamente complicado. Não imaginei que seria tanto. Mas keep going. Nada de sabotagem agora.
Infelizmente não consegui me resolver com o marido. Este, e alguns outros problemas vieram me acordar em coral, hoje de manhã. Mas como eu tenho uma semana inteira pela frente, vou ver o que posso fazer. Qualquer coisa, eu varro todos pra baixo do tapete e sigo o baile.


Momento Inutilidade Pública.


5 COISAS QUE NINGUÉM (ou pouca gente) SABE SOBRE ANNA DARK.

1) Tenho 2 piercings: “ Um “coelhinho da Playboy no umbigo” e outro bem “pequetitinho” fruta cor, no nariz.
2) Tenho 2,5 graus de miopia em cada olho. Uso lentes de contato, pois tenho pavor de óculos.
3) Não gosto muito nem de arroz nem de macarrão. Mas viro criança com uma barra de chocolate e perco a linha na frente de um prato de feijão. ¬¬”
4) Sou “Mão Fechada” pra caramba. Já briguei por não aceitar troco de chiclé. Afe! Ora bolas, se eu quisesse pagar com chiclé, com certeza não iriam me vender! (risos!)
5) Tenho verdadeiro pavor de baratas. Se for qualquer outro bicho, eu engulo seco e me controlo bem. Mas baratas? Meu ... Eu pago muito vale!! É mais forte que eu... ¬¬

E vocês?

Adoraria saber “5 COISAS QUE EU AINDA NÃO SEI” de cada uma. Se quiserem responder nos blogs de vocês, fiquem a vontade. Caso não, respondam aqui nos meus comentários, só pra eu saber... Prometo manter segredo! ... \o/ Palavra de escoteiro.

Então tá, lindas, uma excelente semana pra todas e que bom que aprovaram o novo layout!

Beijo grande!
sexta-feira, 13 de julho de 2007
" ... A CARTA ... "
A casa caiu. E eu odeio quando isso acontece.
Tudo parece muito bem e de repente os problemas vêm aos solavancos.
Novamente peço desculpas se o post não segue o propósito do blog, mas preciso desabafar um pouco. Esse aqui é o espaço para fazer isso.
Para ilustrar um pouco vou copiar a carta que fiz ao meu marido. A coisa anda bem complicada lá em casa. Talvez vocês não entendam muita coisa, mas de qualquer forma, por postar já me sinto aliviada.

“Eu vou te deixar aqui com o teu mau humor...” Essa foi a última frase que escutei de ti. E que frase... Diga-se de passagem.
Até vou te pedir desculpas caso realmente eu não tenha sido uma boa companhia. Acho que ultimamente tenho andando meio estranha, até comigo mesma. E acho que tens toda a razão em “me deixar aqui”, afinal de contas tu não és obrigado a aturar as minhas crises existenciais. Tu não és obrigado a se sentir culpado ao ver eu não me alimentar direito e ser pressionado pela minha família. Eu sou adulta, me responsabilizo pelas minhas escolhas e assumo todas as conseqüências.
Em suma, estou escrevendo este porque quero deixar-te claro algumas coisinhas que venho pensando. Acho até que o inteligentíssimo dito popular: “Os incomodados que se retirem”, descreve bem o que quero dizer. Verdadeiramente é assim que tudo deve proceder. Eu estou incomodada, eu me retiro.
Desde criança eu sabia que era diferente das demais, que eu não tinha nascido para ser politicamente correta, assim como nunca fui. Por alguns instantes eu me tornei isso o que sou hoje: uma garota que trabalha, que estuda, que tem um relacionamento estável, que faz trabalho voluntário, que gosta de cachorros e crianças, que se preocupa com a família, que quer se estabilizar pessoal e profissionalmente.. Que bonitinha!
Claro que essa imagem angelical e patética se contrapõe ao que eu realmente sou (e que poucos conhecem). Uma menina que se sente perdida no meio de todos e que para se esconder atrás de suas fraquezas e fugir do seu mundinho aparentemente perfeito bebe um engradado de cerveja e fuma uma carteira inteira de cigarro num toque.
Mas... No fundo, bem no fundo, é isso o que eu quero? Hum... Repito a pergunta: É isso o que eu quero? Eu quero ser bonitinha? Não sei... E justamente por não saber, temporariamente estou jogando a minha toalha.
Talvez amanhã eu possa não aparecer naquele mesmo horário para trabalhar, talvez eu possa pegar algumas roupas e o meu cartão do banco e ir embora, como muitas vezes desejei fazer. Mas talvez não. Ou melhor, o mais provável é que isso nunca aconteça.
O mais provável é que dia após dia a minha rotina medíocre se repita e eu só tenha coragem de viver a minha tão desejada vida dentro da minha cabeça. E quando eu for bem velhinha, e reler todas as páginas dos meus diários segurando uma xícara de chá de carqueja, eu vou chorar e me questionar sobre o que eu fiz da minha vida.
Mas isso vai demorar a acontecer, afinal eu tenho apenas 22 anos. Enquanto isso, eu te peço paciência e muita força pra me segurar quando eu quiser fugir, não de ti, mas dessa minha vida. Isso um dia pode acontecer, se eu tiver coragem e um pingo de vergonha na minha cara, um dia posso realmente e simplesmente ir embora.
Livre arbítrio é uma das expressões mais importantes que existe.
E é baseado nele que peço para que tu decidas: Ame-me ou Deixe-me.”

Meninas, claro que não entreguei esta carta. E talvez eu nem a tenha escrito para entregar. Foi um desabafo. Um desabafo de uma pessoa sem cabeça pra mais nada.

Tenham um excelente final de semana. Se cuidem!

Valeu pela força.

Beijos.
quarta-feira, 11 de julho de 2007
"... SEM SAÍDA ... "
" No mesmo instante, lá se foi Alice atrás dele, sem nem parar para pensar de que jeito é que ia conseguir sair depois. A toca era a entrada de um túnel, que continuava um pouco para adiante e depois descia pela terra adentro, tão de repente que Alice nem teve tempo de pensar, antes de começar a cair numa coisa que parecia ser um poço muito fundo” e “Continuava caindo, caindo, caindo. Será que a queda não ia chegar ao fim nunca ?”.

" Como faço para sair daqui, eu já sei que rumo quero tomar? "

Assustada. Sem dormir. Buscando respostas. Com fome. Perdendo o controle. Exagerando na nicotina.
segunda-feira, 9 de julho de 2007
" ... HORA DE ME COLOCAR EM DIA ... "
Então meninas, como foram de final de semana?
O meu foi tranqüilo. Não tão light quanto eu gostaria, mas tudo bem. Pelo menos tudo esteve sob controle.
O Aniversário foi maravilhoso. Apesar dos vários comentários embaraçosos do porquê da minha magreza, com o meu jogo de cintura me safei bem. Pelo menos ali na hora.
Só não consegui me safar do "BUFFET". Afe! Na hora da janta, fiquei rodando pra lá e pra cá, jurando ser transparente. Mas meus pais, que já estão hiperdesconfiados, me pediram educadamente para eu me servir. Só faltaram colocar comida na minha boca. Tudo bem! Servi-me de saladas diversas de um frango ao molho branco que nem senti o gosto de tão automático que desceu.
A Dark, se comportou direitinho. Apesar da infinidade de coquetéis coloridos eu acabei ficando só no Champagne mesmo... Hahahaha! Algumas várias tacinhas que me fizeram me acabar de dançar na pista. Beleza, pelo menos gastei calorias e me diverti pra caramba.
Ontem, como acordei muito tarde, fiz uma torrada de "Pão Anorexico" e estou de NF desde então.
A partir de hoje estou parcialmente de férias. Quando digo parcialmente é porque continuo a trabalhar e também porque na verdade eu precisava de férias de mim mesma. As vezes me sinto cansada dessa minha dedicação continuada a tudo. Queria poder pegar as malas e partir para longe da minha vida. Mas não posso. E já que não posso, vou aproveitar para me colocar em dia.
Agora vou ter tempo de sobra a noite e vou aproveitar ler alguns livros (alguém tem uma boa dica?), ver alguns filmes e fazer dois cursos rápidos que estou namorando há horas.
Pesei-me no findi. Minha meta ainda está a salvo. Mas se eu continuar tendo festividades calóricas e sem saídas de emergência ela vai pro saco. Preciso me cuidar.
Ontem eu estava me olhando, e me reprovando, no espelho e decidi que preciso mudar algumas (para não dizer todas) coisas que me incomodam excessivamente. Tirar um pouco ali, tonificar outro pouco acolá. Vou fazer isso malhando. Mas não malhando pra cumprir tabela, como eu faço. Malhando mais que o normal.
Vou aproveitar que o marido está na pilha de emagrecer e chamá-lo pra responsa comigo. Em dupla é mais motivante e acredito que mais gostoso. Quem sabe não dá resultados?

Recebi o texto "Anorexia Nervosa e a Pulsão de Morte", que foi enviado por Andrea Teixeira (andreateixeira@psicoterapeutas.com.br ). Ele está nos meus comentários do penúltimo Post. Acho muito legal vocês darem uma conferida. É interessantíssimo.

Meninas, um bom início de semana pra vocês.

Para aquelas que conseguiram se controlar, parabéns e continuem assim. E para aquelas que tentaram em não conseguiram, não desanimem. Pensem, hoje é segunda. O Dia Internaciona do Início da Dieta. Temos uma semana novinha e inteirinha para reverter tudo e recuperar os estragos.

Estamos juntas!!

Um beijo bem grande.

quinta-feira, 5 de julho de 2007
" ... BOA MARÉ ..."
Passei com louvor na cadeira que tinha tirado "Zero" na prova e estou em férias na faculdade.

Na minha primeira reunião importante sozinha, fechei um contrato com um cliente que eu estava em negociação há meses.

Comprei um vestido (e um sapato, e um brinco) lindo, pra festa de 15 anos da minha sobrinha que é no sábado.

Estou em negociação para implantação do "Projeto Afrodite" com o marido (hahaha!).

Achei R$ 0,10 no chão e me redimi com o meu Buda, finalmente!

É, nada como um dia após o outro. Vou concordar que não há mal que dure para sempre. O negócio é cair, mas cair que nem gato. SEMPRE DE PÉ.
Já peguei um pouco pra mim, agora divido um pouco da boa maré de sorte com vocês. Quem precisar e quiser, pode pegar a vontade!

Um beijo!
quarta-feira, 4 de julho de 2007
"... OBRIGADA, MENINAS! ..."
Em primeiríssimo lugar quero dizer Muito Obrigada a cada uma pelo carinho e a preocupação. Vou passar no blog de todas para agradecer, mas não poderia deixar de deixar registrado aqui. Já chamei vocês de livrinho de auto ajuda e repito. As palavras que li me fizeram ter a certeza de que posso contar com todas, de que estamos aqui no mesmo barco e de que seguimos juntas. Mesmo quando uma cair, a gente ajuda a levantar e segue em frente.
Foram vocês que me motivaram e incentivaram a seguir em frente. Foram vocês que me puxaram a orelha e me alertaram sobre os perigos do que eu fiz. Carinho assim não tem explicação. Vou levar comigo para o resto da vida. Queria poder dar uma abraço forte em todas como agradecimento, mas já que não dá, sintam como se assim fosse.
Em tempo, para quem estava participando do “Bolão das Regras da Anna Dark”, podem suspender suas apostas. Nem “Ana”, nem "Darkzinha" e nem "Mozi Jr.". As regras vieram ontem, não tão impetuosas como de costume, mas serviram para tirar um peso do corpo e da alma, literalmente falando.
Nada como um dia após o outro e uma boa dose de "Sene Tea Time" no meio. Sim, o famoso chá voltou com força total. Todas falam, ninguém se entende, conversas cruzadas, uma tirando sarro da outra, risadas a torto e a direito, algumas em local de trabalho.
Ana Blues com os seus trabalhos brotando em cima da mesa, pega as conversas pela metade e ainda consegue divertir o pessoal com suas tiradinhas de mestre. Parênteses: Amiga, TOPÁZIO? Você que devora Divã como se Mercedes fosse, que curte Ramones, que encomenda muambas de "Vovós Sentadas", que marca Layouts para Thinspos em seu trabalho... TOPÁZIO? Meu, se eu mando um e-mail anônimo para o teu "chefe" contando isso, ele te "demite" na hora! (hahaha!)
Aviso de utilidade pública: Além de consultas sentimentais e de defesa pessoal, sobre o slogan " Ligue Djá!", Madame Indh, está prestando serviços de Webdesigner e cantora cover de trilhas de novelas mexicanas. Sim, está menina prodígio de apenas 11 anos (risos!) tem em seu repertório artistas como Paulo Ricardo e Thalia, tudo isso sem esquecer o famigerado Ney Matogrosso. Para encomendas, falem comigo, aceito todos os tipo de cartões e também vale-transporte.
Paulinha, que recentemente chegou atrasada no Sene Tea, causou inveja ao gritar bem alto que estava de férias e que tinha recém acordado. Detalhe: MEIO DIA! Fala sério, né Paulinha, não precisa humilhar as suas amigas que acordam cedo para ajudar a mudar o template de umas e outras aí.
Umas e outras aí, leia-se LADY INSANE! Sim, esta "pestedoagreste" com o seu "BLOG DA MÃE JOANA" encheu o saco de muitas de nós para arrumar o seu template. Ela que chega dando voadora nas conversas, que inventou a "Dieta do Buraco" e a "Dieta do Tic-Tac (apenas 2Kcal)", agora está com mais uma nova moda: " A DIETA DOS MONGES SEMVERGONHAS". Caninha 51 e alho, baby? Só podia ser coisa desta Insane Girl.
Palmas para a Ally, que conseguiu o feito que nem o Shirriin Shirrion do Diabo conseguiu. Mudou o template do blog da Insane! E depois apagou tudo. Mas isso não vem ao caso agora... A saga do "Blog do Demo", continua.
Meninas acho que era isso por hoje.

Mais uma vez obrigada pelo apoio de vocês.

Um beijo no coração de todas e bom restinho de semana.
segunda-feira, 2 de julho de 2007
"... A INCRÍVEL CAPACIDADE DE SE AUTO-SABOTAR ..."
Nervosa por causa da empresa.
Complô familiar contra o meu peso.
O namorido reprova o meu corpo pela primeira vez.
As regras que não vêm de jeito algum.
O peso e a imagem num duelo indagador.
Cabeça cansada pela angústia de se controlar.
Pressões, pressões!!!
...
Foda-se!
Tudo é importante, mas não justifica a minha incrível capacidade auto-sabotagem!!
Estou tão próxima e ao mesmo tempo tão longe do que eu quero...
Num dia me peso e vejo os números que sempre quis enxergar e que nunca imaginei na vida que iria ver.
Para quem um dia já chorou na frente do espelho por não conseguir fechar a sua calça jeans 44, olhar na balança e ver a sua meta MAIS DO QUE ATINGIDA é uma DÁDIVA!
E daí? De que adianta tudo isso?
Ontem fui fraca e tive a pior compulsão imaginável, que há meses estou tentando evitar.
Porcaria de espírito 8 ou 80!
Ou é NF ou é o absurdo em segundos!
Comida, comida, pausa para pensar.
Comida, comida, estômago doendo.
Comida, dor na consciência, pensamento de "já que... que se rale".
Comida, comida, sem sentir o gosto, mas agora automática e consciente.
Mais comida, ressaca moral.
Tentativa frustrada de vomitar, impotência.
Coragem para alguns machucados pelo corpo, desespero e vergonha pela dor e pelo medo do que está diante dos olhos.
Dose galopante de laxantes, noite interrompida por cólicas, olheiras por não dormir.
Imagem absurda no espelho, lágrimas escondidas por uma boa maquiagem.
Sorriso falso para um dia de trabalho feliz, pensamento obssesivo de voltar atrás e desejo de que tudo tivesse sido um sonho.
Estou aqui.
Mais uma vez recomeçando, mas NUNCA! Ouviram, NUNCA!!!!! Desistindo do meu objetivo.
Neste final de semana, quando subi na balança e vi os números amigos, eu enchi os meus olhos de lágrimas de felicidade.
Eu quero isso de novo. Preciso!
A sensação do dever cumprido é por demais extasiante e as marcas que ontem me deixaram no corpo e na mente foram o meu limite.
Não vou deixar que um dia estúpido de falta de controle manche esta minha história. Quero terminar tudo isso com a assinatura do meu sucesso, senão, assumo minha condição de derrotada e sabe lá o que poderei fazer mais para me punir por isso.
About Me
Pegue o seu no Templates by Maximus
Nome: Anna Dark
Idade: 23
Altura: 1,62
Já Pesei: 69kg
Peso Atual: ?
Meta: 47kg

PERFIL

Previous Post
Archives
Links
Documentário
Diário de uma Anoréxica
Thin
Distorção da Própia Imagem
Reportagem Anorexia
SITES PRO-ANA
CALCULE SEU IMC

    Calculadora IMC
    Peso: kgs
    Altura: m cm
    Dieta e Saude
    IMC Classificação
    - de 20 Abaixo do Peso
    20 a 25 Peso Ideal
    25 a 30 Sobrepeso
    30 a 35 Obesidade Moderada
    35 a 40 Obesidade Severa
    40 a 50 Obesidade Mórbida + de 50 Super Obesidade
CALCULE SEU PESO IDEAL

    Calculadora Peso Ideal
    Sexo: masc
    fem
    Altura: m cm
    Dieta e Saude
VISITAS
    visitas
    Free counter and web stats